Fome é parte da rotina de 25,7% das famílias no Norte, diz pré-candidato indígena mais jovem do país

PolíticaPor Agência O Globo05/08/22 às 07H03 atualizado em 05/08/22 às 07H35 Com apenas 21 anos de idade, Junior Manchineri será o pré-candidato indígena mais novo desta eleição. Concorrendo a uma vaga na Assembleia Legislativa do Acre, o jovem, terá sua candidatura homologada nesta sexta-feira na convenção regional que reúne PT, seu partido, PV e PCdoB. Uma das principais pautas defendidas em seu mandato será a fome, que, segundo ele, atinge 25,7% das famílias em toda a região Norte do país. Com a promessa de ‘transformar a velha política da região’, Manchineri tem, por parte do pai, avós que participaram das ações que resultaram na demarcação da Terra Indígena Mamoadate, localizada entre os municípios de Assis Brasil e Sena Madureira, no estado do Acre, homologada em 1991.