Medina pagou 30 mil euros a empresa de Sérgio Figueiredo por 13 dias de trabalho para a Câmara de Lisboa

A contratação de Sérgio Figueiredo, o antigo director de informação da TVI e ex-administrador da Fundação EDP, como consultor do Ministério das Finanças continua a dar que falar, e não apenas devido a uma eventual sobreposição face às atribuições do PlanApp e dos gabinetes ministeriais ou ao salário que irá receber.Em causa está o historial de contratações entre o ministro das Finanças, ex-autarca de Lisboa e ex-comentador da TVI, Fernando Medina, e Sérgio Figueiredo. A revista Sábado revela agora uma outra contratação, em que a Câmara de Lisboa (à data presidida por Fernando Medina) pagou 30 mil euros à empresa de Sérgio Figueiredo, em Dezembro de 2020.